• Albert Deweik
  • por Albert Deweik
  • Albert Deweik é CEO da NeoAssist, empresa especializada em soluções de atendimento ao cliente.

Como lidar com a ansiedade do cliente no e-commerce

23 de junho de 2015
Share Button

Há pouco mais de 10 anos, era difícil imaginar que teríamos tanta facilidade para realizar uma compra via internet. O e-commerce trouxe uma série de vantagens, como rapidez, comodidade e variedade de opções disponíveis para compra.
Porém, com essa nova realidade, encontrar o produto com o melhor preço e frete barato não são mais as únicas exigências do consumidor. Um bom prazo de entrega tornou-se item obrigatório no relacionamento entre empresa e cliente no e-commerce.
E, como lidar com a ansiedade do consumidor, que quer receber seu pedido cada vez mais rápido? Eu seguiria os seguintes pontos:

Informe prazos realistas

Forneça os prazos que a sua empresa pode cumprir com tranquilidade, e não aqueles que o consumidor espera. Além de causar uma grande frustração com o atraso, seu SAC receberá uma enxurrada de reclamações.
Em alguns casos, é preferível até informar um prazo superior ao praticado para, assim, superar expectativas nas situações normais e cumprir os prazos quando há algum problema.

Seja Pró-ativo

Assim que o pedido é aprovado, informe ao cliente sobre todos os passos da entrega. No rastreamento, especifique bem todos os status, explique os termos poucos conhecidos e deixe claro qualquer tipo de divergência.
Se for identificado um problema, não espere o cliente entrar em contato com você, informe o ocorrido e o tranquilize sobre o prazo para solucionar o imprevisto. Em caso de problema grave, compense com algum agrado ao consumidor.

Tenha um sistema de atendimento integrado

Se o acompanhamento do pedido não está disponível no site ou se o consumidor optou por entrar em contato diretamente com o SAC, é importante que a sua ferramenta de atendimento seja integrada com o sistema das transportadoras.
Dessa forma, as informações ficam concentradas em uma única plataforma, facilitando a visualização, criando um histórico único do consumidor e agilizando o atendimento, tanto humano quanto automatizado.

Seja Flexível

Assim como o varejo tradicional, o e-commerce tem picos de vendas. É justamente nesses picos em que nossos prazos de entrega são mais longos e a maior parte dos problemas acontece. Aprenda com o histórico do seu setor e da sua loja e flexibilize os prazos de entrega de acordo com a demanda de pedidos.
Lidar com as expectativas durante o processo de entrega é um grande desafio, já que esse momento define se a experiência com a sua empresa foi positiva ou negativa. Procure ser transparente e conquiste a confiança do consumidor.

Você também vai gostar

Consumidores online preferem esperar mais se o frete tiver um cu... A plataforma de gestão de fretes Axado realizou uma pesquisa entre julho de 2014 e julho de 2015 para compreender melhor o comportamento do consumidor...
Estudo revela comportamento do consumidor de e-commerce em 2018 ... A ascensão da tecnologia e a facilidade de comprar com apenas um “click” tem atraído cada vez mais o consumidor brasileiro para o e-commerce. De acord...
Qual é a melhor maneira de atender em minha loja virtual? Um dos maiores diferenciais que uma loja virtual pode oferecer a seus clientes é em relação ao atendimento. Afinal, o cliente não tem aquela mesma exp...
5 motivos para apostar nas redes sociais e alavancar as vendas d... As redes sociais já provaram seu poder de comunicação há algum tempo e os brasileiros abraçaram toda essa cultura de socialização, compartilhamento e ...
Ecommerce e segurança digital: as empresas devem cuidar do usuár... Milhares de compras online são feitas por hora, a todo o momento e de qualquer dispositivo. Como se prevenir de possíveis fraudes virtuais? Aqui algun...
Como proteger uma marca? Por Mauricio de Souza Tavares. Quando uma empresa inicia suas atividades, normalmente cria uma marca para identificá-la ou para identificar o seu prod...
Como melhorar o atendimento ao cliente via e-mail? Em tempos de redes sociais e aplicativos móveis, o atendimento via e-mail parece ficar para trás na preferência dos consumidores. Apenas parece&n...
E-commerce: não há mais espaço para amadores O e-commerce brasileiro passa por um período de amadurecimento e talvez não seja mais um ambiente propício para riscos e empreendedores “aventureiros”...
Caso Oppa: Quanto vale o feedback de um cliente? (ou a história de como uma consumidora conseguiu colocar o customer care em pauta para uma Marca). Quanto vale o feedback de um cliente? Se marcas ded...
Operação de e-commerce: não durma nunca mais Operação de E-commerce: Como fazer uma loja virtual prosperar? Não é uma tarefa simples. O professor de Logística de E-commerce da Universidade Buscap...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>