Ter seu próprio negócio é uma das principais alternativas para quem deseja ganhar algum tipo de renda extra e alavancar a sua carreira profissional. Por isso saber como iniciar o seu próprio negócio é uma das premissas para começar a lucrar.

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) o número de autônomos chegou a 24 milhões, em 2019. O número observado é um recorde, comparado aos anos anteriores, e podemos identificar o motivo de tal transformação por conta de certos fatores que vêm ocorrendo no país.

A crise econômica do Brasil acarretou o desemprego de inúmeras pessoas, com isso as mesmas acabaram buscando alguma opção para suprir suas necessidades financeiras. Como possibilidades de trabalho é possível adentrar em um ramo já existente ou até mesmo se utilizar da criatividade para iniciar o seu próprio negócio.

Abrir um e-commerce é uma saída para o Desemprego?

Até pessoas empregadas muitas vezes acabam encontrando no trabalho autônomo uma boa opção para garantir um tipo de renda extra para o fim do mês e ajudar nas finanças. Por isso começar um negócio próprio é uma das ideias mais interessantes para quem quer colocar algum tipo de projeto em prática e ainda obter lucro.

Então siga conosco no conteúdo e descubra as melhores formas para criar e dar início a um empreendimento.

Os primeiros passos

Antes de iniciar um empreendimento é preciso fazer um planejamento que possa estruturar e dar um melhor encaminhamento para o trabalho, então montar um plano de negócios pode ser uma boa saída.

Organize as suas ideias: a primeira coisa a fazer em um plano de negócios é colocar todas as suas ideias em um papel para poder conseguir uma boa estruturação sobre os fatores que deseja aplicar no empreendimento;

Defina um objetivo: para ter um melhor direcionamento em sua rotina é essencial definir um objetivo e pautar as suas decisões com base nele, para que suas estratégias atinjam o êxito e não desviem do foco;

Planejamento e pesquisa: depois que uma meta traçada é preciso conhecer melhor o nicho do empreendimento escolhido para que suas ações, sejam melhores planejadas e elaborada, então busque a leitura e outras formas de informação para obter os melhores esclarecimentos sobre o assunto;

Desenvolva o networking: conversar com pessoas da área também é essencial na condução dos negócios, assim é possível obter uma boa troca de experiências e se basear nas informações obtidas para uma melhor condução das atividades;

Trace estratégias: depois de angariar diversas informações e conhecimentos sobre o ramo, busque já iniciar o desenvolvimento de estratégias para poder começar as atividades, e não se esqueça de sempre buscar melhorar as técnicas aprendidas ou então tentar criar novas que sejam melhores direcionadas ao ramo de atuação.

Plano de Negócios: Como tornar o Sonho do Empreendedorismo uma realidade

Oportunidades para empreender

Como visto é preciso escolher uma área para dar início aos seus empreendimentos, por isso vamos apresentar algumas sugestões que podem ser uma grande oportunidade.

Marketing multinível

O marketing multinível é um ótimo ramo para dar início ao seu negócio próprio, a área consiste em realizar vendas diretas e recrutar pessoas para gerar um crescimento de equipe.

Conforme você for avançando nas vendas, é possível assumir posições de liderança e ainda ganhar premiações quando atingir uma meta, a qual é estipulada pela empresa que você se afiliar.

Outras vantagens do marketing multinível são escolher o seu horário de trabalho, ter autonomia em suas decisões e desenvolver o seu networking de acordo com os contatos que você fizer na área.

Cuidado com possíveis golpes ao se relacionar com estranhos principalmente pela internet, seja cauteloso.

E-commerce

O e-commerce também entra como uma alternativa para empreender, nele você realiza vendas online, então a possibilidade de trabalhar em casa entra como uma boa vantagem. São diversos os itens que podem ser vendidos, então basta alinhar com o que é melhor para o seu negócio, e no que preferir se especializar.

Ex: ao abrir um e-commerce é possível vender artesanatos, roupas, cosméticos, crochê, bolsas, entre outros.

Para obter um melhor desenvolvimento no trabalho também é válido atrelar a sua loja de vendas às redes sociais, para captar estrategicamente mais vendas.

Operação de e-commerce: não durma nunca mais

Aulas online

As aulas online da mesma forma se enquadram como opção de empreendimento, o curso que você for oferecer pode variar conforme a sua preferência e especialização. Os pontos positivos serão a chance de organizar a sua agenda da forma que preferir e ainda conseguir ser o seu próprio chefe.

E uma dica para o ramo é o contato com as pessoas, pois assim é possível angariar mais clientes e ter uma maior visibilidade.

Como criar o preço adequado para vender conteúdo digital

Coloque as ideias em prática!

Agora que você já viu as diversas formas para abrir o seu próprio negócio, basta recordar dos principais itens para alavancar o seu empreendimento. Que são, a escolha de um nicho específico e montar um bom plano de negócios para dar início.

Então, se lembre das etapas de montar um planejamento, onde existam boas estratégias e metas, que o levem alcançar os seus objetivos e o desenvolvimento do seu networking e troca de informações com seus contatos.

As melhores áreas para empreender no e-commerce

E para obter melhores resultados procure estar sempre de acordo com a tríade do empreendedor, que é: sonho, talento e paixão.

Isso porque para iniciar as suas atividades esses elementos devem se combinar, onde cada item complementa o outro.

Quando uma paixão por um trabalho ou objetivo por exemplo se combinam com o talento, é criado o sonho de empreendimento. Com isso então você pode tirar as ideias do papel e começar o seu negócio próprio.

Rafaela Diniz
Author

Assessora de imprensa e redatora do Meu Ideal, estudante de jornalismo. Meu Ideal: plataforma de treinamentos sobre empreendedorismo e marketing de relacionamento.

Write A Comment