• Ebit
  • por Ebit
  • Presente no mercado brasileiro desde 2000, a Ebit acompanha a evolução do varejo digital no País desde o seu início, sendo a maior referência em inteligência competitiva para o e-commerce. Através de um sofisticado sistema, que coleta dados diretamente com o comprador online, a Ebit gera informações detalhadas sobre o mercado diariamente. São mais de 20 milhões de pesquisas coletadas em mais de 21 mil lojas virtuais afiliadas.

Ebit estima vendas de R$8,7 bi no e-commerce para o Natal, alta de 13%

18 de dezembro de 2017
Share Button

Tíquete médio crescerá apenas 2% refletindo a deflação da cesta de produtos do setor

O e-commerce deverá faturar R$8,7 bilhões no Natal de 2017, crescimento nominal de 13% ante ao mesmo período do ano anterior, aponta a Ebit. O número de pedidos deve crescer 11%, de 16,6 milhões para 18,4 milhões, enquanto o tíquete médio apresentará uma tímida elevação de 2%, de R$463 para R$471.

Para este levantamento a Ebit considera as vendas estimadas para o e-commerce no período de 15 de novembro a 24 de dezembro, incluindo o período da Black Friday.

“O faturamento da Black Friday deverá corresponder a quase 1/4 do total estimado para o Natal neste ano. A Black Friday vem se consolidando no calendário do varejo ano após ano e, com isso, ganha cada vez mais relevância dentro da estratégia das empresas para o Natal”, afirma Pedro Guasti, CEO da Ebit.

A tímida expansão do tíquete médio, de acordo com Guasti, é um reflexo dos descontos praticados durante a Black Friday e da queda de preços na cesta de produtos do comércio eletrônico, medida pelo Índice FIPE Buscapé.

“Os preços do e-commerce estão registrando deflação há 12 meses consecutivos. Mantida esta tendência em dezembro, o índice deverá fechar 2017 com retração de 2,5%. Para o e-commerce, esse é um dado muito relevante, pois mostra que a alta no faturamento está apoiada no volume de pedidos. O consumidor está vindo cada vez mais para o e-commerce e comprando com mais recorrência”, explica.

O crescimento estimado para o período do Natal está em linha com o previsto pela Ebit para o segundo semestre de 2017.

No Webshoppers 36 apontamos uma alta de 12% a 15% para o segundo semestre, capitaneado pelas três grandes datas do calendário do varejo, Dia das Crianças, Black Friday e Natal. Se o Natal for bom como o mercado está esperando, nosso crescimento deverá voltar a ser de dois dígitos”, disse.

Confira as subcategorias e produtos que devem ser as mais vendidos (em volume de pedidos) neste ano:

  1. Bonecas
  2. Cafeteira
  3. Camisa Esportiva
  4. Camiseta Masculina
  5. Celular e Smartphone
  6. Cobre-Leito
  7. Fogão
  8. Jogo de Cama
  9. Jogo de Panelas
  10. Jogos de Vídeo Game
  11. Livros
  12. Perfume
  13. Pneu de Carro
  14. Relógio de Pulso
  15. Sandálias Femininas

Confira tabela a seguir com levantamento 2016 versus. 2017:

Os números do mercado de E-commerce


 

Você também vai gostar

Black Friday 2016: Infográfico revela expectativa de crescimento... A Black Friday - que acontece sempre na última sexta-feira de novembro - já é um acontecimento tradicional e esperado pelos consumidores de vários paí...
Consumidores do M-commerce no Brasil preferem as versões complet... Compras online por dispositivos móveis significam comprar através da versão mobile do site ou do aplicativo? Parece que não para muitos m-consumidores...
5 dicas para melhorar a logística de um e-commerce Continuando a série TOP 5 dicas sobre E-commerce e Internet, hoje o tema é Logística, assunto muito discutido entre  administradores, que se desdobram...
Ferramentas para vender pela internet Vou falar rapidamente sobre as ferramentas que você precisa conhecer e utilizar para vender pela internet, mas antes de começar quero dizer para você ...
Saiba porque 2018 será o ano da consolidação dos marketplaces O desembarque definitivo da Amazon na América Latina vem para mudar os rumos do comércio eletrônico da região. Fulfillment, Big Data e Machine Learnin...
NRF: As novidades do E-commerce para 2014 Do dia 12 ao dia 15 de janeiro de 2014 aconteceu a 103ª edição da NRF (National Retail Federation). O evento que acontece em Nova York é composto de s...
Vendas do e-commerce crescem 5,1% no Dia dos Namorados 2017 Número de pedidos cresceu 7,2% no Dia dos Namorados 2017 O e-commerce faturou R$1,71 bilhão, alta de 5,1% ante o mesmo período de 2016, aponta o monit...
Como falar outros idiomas podem potencializar sua operação de e-... Segundo dados da Global E-commerce Association, o e-commerce da América Latina teve um crescimento de 16,5% em 2017. Isso tem feito com que muitos ...
Magento 1 x Magento 2: vale a pena migrar? Apesar de ter sido lançada há quase um ano, muitos empreendedores ainda têm dúvidas quanto ao uso da versão 2.0 da plataforma Magento e se vale a pena...
5 razões para colocar seu e-commerce em um marketplace Quem possui uma loja virtual ou pensa em abrir uma no Brasil certamente já ouviu a expressão marketplace. Estes sites nada mais são do que centros de ...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>