• Avatar
  • por Márcio Eugênio
  • É formado em administração de empresas com especialização em Marketing digital e gestão de vendas e apaixonado por tecnologia e comercio eletrônico. No mercado de tecnologia desde 1997. É um dos sócios da D Loja Virtual e é o responsável pela área comercial e marketing da empresa.

Ferramentas para vender pela internet

26 de maio de 2015
Share Button

Vou falar rapidamente sobre as ferramentas que você precisa conhecer e utilizar para vender pela internet, mas antes de começar quero dizer para você as ferramentas que NÃO são a parte mais importante para quem quer vender pela internet.
Conheço pessoas que vendem muito pela internet e não gastam praticamente nada com ferramentas (plataforma de loja virtual, e-mail marketing, chat…) e outros que gastaram milhares de reais só com a plataforma e não vendem nada. Por isso, se você não tiver um plano e uma estratégia clara para fazer suas vendas pela internet, as ferramentas não vão te salvar de um naufrágio.

Formas de pagamento

Como faço para receber pelas vendas na internet? A forma como você vai receber pelas vendas que fizer estão ligadas com as formas de pagamento que você for trabalhar na sua loja virtual.
Atualmente no mercado as formas de pagamento estão divididas em dois grandes grupos:
1. Sistemas de pagamento:
São empresas que têm por objetivo facilitar a vida do dono da loja virtual. São muito práticos para serem contratados e configurados. Sem falar, que eles permitem para o seu cliente parcelar as compras em até 12 vezes (com juros) e ainda dão uma segurança para o cliente: a possibilidade de abrir uma disputa se em até 14 dias ele não receber o que comprou.
Os sistemas de pagamento mais conhecidos são:

• Bcash (http://bcash.com.br/);
Mercado Pago (https://www.mercadopago.com.br);
• Moip (http://moip.com.br/);
Pagseguro (http://pagseguro.com.br/);
PayPal (http://www.paypal.com/).

2. Forma de Pagamento Direto:
Nessa categoria estão inclusos cartões e crédito direto com as operadoras (ex: Cielo e Rede), boletos bancários e depósitos. Com essas formas de pagamento quem vende online pode ter uma taxa de conversão melhor, prazo mais curto de recebimento (depósito e boleto), taxas mais competitivas, mais simplicidade para o cliente da loja virtual e vendas aprovadas mais rapidamente.
Uma grande desvantagens, é que vender pela internet com cartão de credito, o dono da loja deverá ter uma política de análise de risco, pois ele pode ter um chargeback caso seja identificado alguma fraude.

Frete e forma de entrega

Grande parte das vendas feitas pela internet são entregues pelos Correios. Entretanto, alguns tipos de produtos você vai precisar trabalhar com transportadoras ou veículo próprio, os Correios possuem algumas restrições e alguns limites de tamanho e peso.
1. Correios:
Os serviços disponibilizados pelos Correios são:

• Pac;
• Sedex;
• e-Sedex;
• Sedex Hoje;
• Sedex 10.

2. Transportadoras:
As transportadora são a alternativa que os lojistas possuem para itens que não podem ser enviados pelos Correios.
É muito importante que você pesquise quais transportadoras que atendem a sua região de origem e para quais locais elas fazem entregas, pois nem todas as transportadoras possuem abrangência nacional.
ÚtilServiços de indenização por atrasos ou extravios dos Correios podem ajudar o empreendedor

Plataformas para vendas pela internet

Muita gente acha que a loja virtual é o item mais importante para quem quer vender pela internet, mas acredite: Não é!
Vou listar abaixo alguns tipos de plataforma que você pode usar para vender online:
Marketplaces:
Mais simples, pois você se cadastrou já está tudo pronto. É só colocar produtos e começar a divulgar e vender.
Os mais conhecidos e fáceis trabalhar:

• Estante Virtual, específico para livros (http://www.estantevirtual.com.br/)
• Elo7, muito utilizado para artesanato (http://www.elo7.com.br/)
• Mercado Livre (http://www.mercadolivre.com.br/)

Lojas Virtuais Alugadas ou SaaS

Basicamente as plataformas de lojas virtuais podem ser divididas em três categorais: Alugadas (SaaS), código-livre e próprias. Cada uma tem as suas vantagens e desvantagens, por isso, se você quiser ver uma metodologia para escolher a loja ideal neste vídeo:

Plataformas que eu recomendo:

• D Loja Virtual A melhor na minha opinião (!!!). (http://www.dlojavirtual.com/)
• F1 Soluções muito forte na venda de livros (http://www.f1solucoes.com.br/)
• Vtex A maior plataforma de comercio eletrônico do Brasil. (http://vtex.com.br/)

Mais conteúdo relevante sobre plataformas de e-commerce:

• Post do Daniel Cardoso citado no vídeo: Loja Virtual: Como escolher a melhor plataforma para sua operação
Guia Plataformas de E-commerce, gratuito para download. As principais plataformas do mercado lado a lado.

Lojas Próprias ou instaladas no seu servidor

Aqui é onde vejo muitos pequenos empreendedores iniciantes no comércio eletrônico começarem a acabar os seu sonho de fazer vendas por internet.
As plataformas de código-aberto são incríveis, contam com muitos recursos e são totalmente flexíveis. Exatamente essas qualidades que viram maldições para quem quer começar a vender online.
As plataformas mais comuns são:

• Magento (http://magento.com/)
• OpenCart (http://www.opencart.com/)
• PrestaShop (https://www.prestashop.com/)

Como falei no início desse artigo, para ter uma operação de venda pela internet que realmente gere resultados, você precisa muitos mais que as ferramentas certas. Por isso, recomendo com o nosso guia definitivo de vendas pela internet.

Você também vai gostar

Lojas virtuais darão desconto no Dia do Consumidor Buscapé investiu R$ 15 milhões para reunir grandes lojas no dia 19 de março para o Dia do Consumidor O Buscapé Company investiu R$ 15 milhões, coorden...
A metodologia de coaching pode ser decisiva na gestão do seu e-c... Com a popularização do e-commerce nos últimos anos, a concorrência também aumentou nos mais variados nichos. Uma gestão eficaz pode ser o diferencial ...
Previsão de vendas no Black Friday 2013: Aumento de 60% Previsão de vendas no Black Friday 2013. As vendas do comércio eletrônico devem crescer 60% durante o Black Friday, evento que ocorre em 29 de novemb...
E-commerce movimentará R$1,75 bi no Dia dos Namorados 2017 Alta no faturamento do Dia dos Namorados 2017 deverá ser de 6% na comparação com o mesmo período do ano passado O e-commerce deverá faturar R$1,75 bil...
Como a loja Kanui saiu do prejuízo no e-commerce brasileiro Por Lucas Rossi para o Exame.com - Duas dançarinas em trajes provocantes, música alta e bebidas variadas, de uísque a tequila, quebraram a rotina de 1...
Vendas online batem recorde no Natal As vendas do comércio eletrônico atingiram um recorde de R$ 4,3 bilhões entre os dias 15 de novembro e 24 de dezembro - período considerado de compras...
Buscapé e Dafiti, sucesso no Comércio Eletrônico brasileiro O programa Conta Corrente, da Globo News, apostou nesta sexta-feira (17/5) em dois gigantes da internet: Dafiti e Buscapé. O programa, que contou com ...
Como planejar o seu e-commerce para aumentar as vendas na Black ... A Black Friday é conhecida como uma das datas mais importantes do comércio eletrônico mundial e no Brasil não é diferente. Em 2014, representou um cre...
Por que a embalagem do produto é tão importante para as Lojas Vi... Na hora da entrega, a escolha da embalagem do produto é uma peça-chave para garantir a satisfação do cliente. Fatores como manter a integridade do pro...
Sortimento de produtos: Lojistas precisam se preparar para a Bla... Segundo estudo Panorama dos Marketplaces, realizado pela Precifica em parceria com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), ...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

5 comentários sobre “Ferramentas para vender pela internet”

  • Avatar

    Achei interessante o texto porém vender pela internet vai muito além das ferramentas citadas.
    Fora o fato do autor do artigo indicar a própria empresa como plataforma de e-commerce, o que pra mim já tira a credibilidade e imparcialidade do texto.

    • Avatar

      Olá Luiz Gustavo, tudo bem?
      Obrigado pelo comentário, respeito a sua opinião, mas sou um colunista e não um jornalista e não preciso ser imparcial e por isso posso expressar as minhas opiniões e ideia livremente.
      Escrevo o que eu acredito realmente.
      Sucesso e boas vendas!

  • Avatar

    Todas as ferramentas que você citou são necessárias. É preciso ter uma loja virtual, com um sistema de pagamentos seguros, e também coordenar as entregas (levando em consideração a localização geográfica). Depois, você precisa usar ferramentas de divulgação nas redes sociais. Por exemplo, eu uso Postcron (aqui, deixo o link, se puder ser útil para alguém, https://postcron.com/pt ). Também é preciso enviar emails e começar a analisar as estatísticas, etc.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>