O E-commerce brasileiro fechou o primeiro semestre de 2014 com um faturamento de R$ 16,06 bilhões segundo a E-bit, superando o mesmo período em 2013 (quando vendeu R$ 12,74 bilhões), e registrando crescimento nominal de 26% no setor.
O crescimento do faturamento das lojas virtuais foi mais significativo no primeiro trimestre do ano, sendo 29% superior ao mesmo período de 2013. Já no segundo trimestre o crescimento do tíquete médio sustentou o crescimento do faturamento. No mês de junho deste ano, houve queda de volume de pedidos em relação a junho de 2013.

Veja também: Todos os números do E-commerce no Brasil nos últimos anos.

A 30ª Edição do Relatório E-bit WebShoppers divulgada nesta semana, ainda traz detalhes importantes sobre o comportamento do mercado durante a Copa do Mundo. E um relevante destaque para o expressivo crescimento das vendas por celular, que já conta com 7% do faturamento de todo o Mercado. Veja o infográfico com um panorama geral das informações apresentadas:

Baixe a 30ª Edição do Relatório E-bit WebShoppers completa.
Baixe a 30ª Edição do Relatório E-bit WebShoppers completa.

Ebit
Author

Presente no mercado brasileiro desde 2000, a Ebit acompanha a evolução do varejo digital no País desde o seu início, sendo a maior referência em inteligência competitiva para o e-commerce. Através de um sofisticado sistema, que coleta dados diretamente com o comprador online, a Ebit gera informações detalhadas sobre o mercado diariamente. São mais de 20 milhões de pesquisas coletadas em mais de 21 mil lojas virtuais afiliadas.

4 Comments

  1. Avatar
    Rafael Ciarini Reply

    Ótima post. Ajuda a entender o comportamento e as diretrizes do e-commerce. Obrigado Rennan

  2. Pingback: 5 dicas para o gestor melhorar a loja virtual.

  3. Pingback: 10 motivos para abrir uma loja virtual - Profissional de E-commerce

  4. Pingback: Mobile: presente e futuro do E-commerce.

Write A Comment