• Avatar
  • por André Bartholomeu Fernandes
  • Em 2004, André foi responsável por levar internet discada para mais de 4.400 cidades brasileiras. Estudou eletrônica e tecnologia na Unicamp, Harvard e MIT e Finanças na USP. Trabalha intensivamente em 2 novos projetos: Fight e Hack além de atender mais de 150 clientes na YOW Internet.

O que é uma marca?

12 de fevereiro de 2019
Share Button

Para mim, uma marca é um conjunto de quatro promessas que você faz para seu cliente:

  • Para fornecer um produto ou serviço seguro e eficaz,
  • A um preço justo,
  • Através de um canal conveniente
  • Com marketing compreensivo que explica como o produto deve ser usado de forma mais eficaz.

Se uma empresa cumpre consistentemente essas quatro promessas ao longo do tempo, ela constrói o que chamamos de “brand equity”.

Assim como as empresas criam capital financeiro por meio da crença dos acionistas na consistência de seus fluxos de caixa futuros, as empresas criam brand equity através da entrega consistente de promessas de marca. Se uma empresa falhar em cumprir suas promessas em uma dessas dimensões, seu patrimônio de marca pode ser prejudicado.

Como entender e mensurar o valor da sua marca para os consumidores

A crença coletiva em torno dessas promessas produz um poderoso efeito de rede. Clientes que compram produtos de uma empresa e acreditam na promessa de uma marca tendem a comunicar sua opinião a outras pessoas. Usamos o Net Promotor Score como uma medida do brand equity porque mede essa tendência de um cliente em recomendar um produto a outros.

Como a referibilidade está intrinsecamente ligada ao valor da marca, mais clientes em um NPS alto tendem a levar a um contínuo crescimento boca-a-boca. É por isso que as empresas com altos índices de NPS tendem a permanecer líderes de participação de mercado.

A marca é um efeito, não uma causa.

Em vez de se concentrar demais nos elementos visuais da marca, os empreendedores devem construir uma empresa que cumpra consistentemente essas quatro promessas de marca.

Criar logo de e-commerce, acerte sua primeira venda: a marca

A partir desse bom trabalho, eles colherão uma grande marca que tem o potencial de construir patrimônio significativo ao longo do tempo com os clientes. Um design sofisticado e bonito pode ajudar uma marca, mas não deve ser forçado a trabalhar sozinho.

Texto publicado anteriormente no Jornal do Empreendedor.

Leia também:

Valorização da experiência transforma consumidor em defensor da marca

Você também vai gostar

Como está a experiência de compra no seu e-commerce? A Profite pontuou 10 perguntas para identificar como está a experiência de compra no seu e-commerce. Tome nota: ?1. Personalização: Meu e-commerce tem...
Infográfico: o que é Customer Experience e por que é importante ... Há muito se fala sobre um bom atendimento ao cliente, mas atualmente, o Customer Experience (CX) elevou-se a um patamar capaz de ser o diferencial ent...
3 coisas que vão acontecer com empresas que não usarem Inbound M... Investir em Inbound Marketing não é mais uma questão de estar à frente dos concorrentes: é uma obrigação para um negócio se manter. O Inbound Marketin...
Gamification: a estratégia que vai transformar o seu relacioname... As empresas pioneiras vivem um esforço constante para encontrar novas formas de aprimorar o relacionamento com seus consumidores. Nessa tentativa, sur...
Por que oferecer atendimento ao cliente nas redes sociais? As plataformas de relacionamento online estão cada vez mais populares e podem se tornar o recurso ideal para que você atinja consumidores em potencial...
4 dicas que podem transformar vídeos de marcas em virais nas red... Cada vez o marketing digital vem se tornando uma estratégia de grande importância para as empresas, porém poucas empresas veem o potencial do viral pa...
Os clientes e a percepção do valor da marca. Os clientes e a percepção do valor da marca. Você dá desconto ou dá resultado para os seus clientes? Essa é uma pergunta interessante para começar ess...
Marketing de Conteúdo te dá asas Como a Red Bull se tornou referência em Marketing de Conteúdo Nunca fui muito fã de dar aulas, sempre tive problemas com a timidez e fico tenso (dias...
Como criar o preço adequado para vender conteúdo digital Com cada vez mais serviços sendo disponibilizados na internet, desde treinamentos, cursos e atendimentos online, surge também uma dúvida muito comum e...
O e-commerce do futuro não nasceu ainda – Última parte LEIA ANTES: O E-COMMERCE DO FUTURO NÃO NASCEU AINDA – PARTE 1 | O E-COMMERCE DO FUTURO NÃO NASCEU AINDA – PARTE 2 Talvez a primeira coisa que venha à ...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>