• Avatar
  • por Ricardo Ramos
  • Gestor em Tecnologia da Informação, Ricardo Ramos possui diversas especializações no meio digital e tecnológico, entre elas, estratégias de marketing, cloud computing, ITIL, Product Development, entre outras que colaboram para o desenvolvimento de plataformas e produtos. Iniciou carreira na Inter.net do Brasil, liderou o desenvolvimento de soluções na Virid Interatividade Digital, tornou-se CIO e sócio, devido ao sucesso das soluções desenvolvidas. Atualmente, além de Diretor de Métricas e Monitoramento da ABComm, Ramos vem colocando em prática todo conhecimento adquirido ao longo de sua carreira na Precifica, como fundador e CEO da empresa.

Código de barras online: EAN é benéfico para lojas virtuais, buscadores e consumidores

8 de julho de 2015
Share Button

As etiquetas de preço dos supermercados e lojas de departamento ganharam há um tempo o EAN-13 (European Article Number), popularmente conhecido como “código de barras”, um composto de 13 números que traz não só o quanto ele custa, mas todas as informações de origem daquele item, fabricante e especificações técnicas.
O que muita gente não sabe é que esse código já pode – e deve – ser utilizado também no e-commerce, pois traz benefícios para lojistas, comparadores de preços e ao consumidor. Atualmente, todos os varejistas têm acesso aos 13 dígitos que acompanham cada mercadoria, mas apenas alguns dos maiores players reconhecem a importância do EAN e o exibem nas páginas dos produtos.
Em um tempo em que o consumidor pesquisa e experimenta um produto na loja física para depois comprar online – prática conhecida como showrooming –, os aplicativos para buscadores utilizam a câmera do smartphone para fotografar o código de barras do produto na loja física e apresentar as melhores ofertas no canal online. O EAN passa a ser fundamental para que o produto da loja apareça bem no ranking.
Sem o EAN, na prática, o consumidor que procura online por um modelo de televisor de LED, por exemplo, recebe vários resultados similares, mas com algumas diferenças nas especificações técnicas que podem passar despercebidas, como a frequência da imagem ou características como conversor digital ou Internet wi-fi. Com o código, a chance de comprar o equipamento diferente do que procurava diminui, já que o resultado apresentado será mais acurado.
Ao agrupar a oferta junto às mais relevantes para o mesmo produto, o EAN aumenta a competitividade da loja e, além disso, reduz a incidência de erros no processo de devoluções ou trocas de produtos, enviando ao consumidor produtos parecidos mas diferentes (por exemplo, equívoco de cor, modelo ou tamanho que não o desejado) implicando em menores custos para a loja com logística reversa.
A publicação do código junto aos itens no e-commerce é iniciativa de cada varejista. Cabe aos gestores que ainda o desconhecem, entenderem como o EAN vai ao encontro de uma tendência internacional, além de ser benéfico para o fortalecimento do mercado e da própria loja.

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Um comentário sobre “Código de barras online: EAN é benéfico para lojas virtuais, buscadores e consumidores”

  • Avatar

    Ola Bom dia
    Meu nome é Sergio Miglio e estou em busca de uma solução para Eans em produtos semelhantes .
    No market place não deixa subir produtos que são idénticos e sendo anunciados em quantidades por conta que é o mesmo código de barras. Tenho um exemplo onde vendo 1 Shampoo . e quero ter um outro anuncio vendendo 5 shampoos, que no caso em questão seria uma venda de atacado já que meu nicho me possibilita vender tanto no avulso como no atacado. Desta forma Ricardo quero saber com você se conheces uma solução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>