• Ebit
  • por Ebit
  • Presente no mercado brasileiro desde 2000, a Ebit acompanha a evolução do varejo digital no País desde o seu início, sendo a maior referência em inteligência competitiva para o e-commerce. Através de um sofisticado sistema, que coleta dados diretamente com o comprador online, a Ebit gera informações detalhadas sobre o mercado diariamente. São mais de 20 milhões de pesquisas coletadas em mais de 21 mil lojas virtuais afiliadas.

E-commerce registra faturamento 26% maior nas vendas de Natal

26 de dezembro de 2015
Share Button

Na comparação com 2014, volume de pedidos cresce 16%; Mobile commerce representou 13,6% das compras

As vendas de Natal no varejo online brasileiro registraram novamente aumento neste ano. O faturamento das lojas virtuais alcançou um crescimento nominal de 26% na comparação com 2014, chegando a R$ 7,4 bilhões.
Com isso, a expectativa para o setor no período que antecede o dia 25 de dezembro (de 15/11 a 24/12) foram superadas – eram esperados crescimento nominal de 22% e faturamento de R$ 7,2 bilhões. As três categorias que mais venderam foram, de acordo com o levantamento, Eletrodomésticos, Moda e Acessórios e Telefonia e Celulares (quadro abaixo com o top five).
“A cada ano o e-commerce ganha novos consumidores e a quantidade de pedidos no Natal cresce neste período por conta da conveniência da entrega em casa e a possibilidade de pesquisar e encontrar boas ofertas sem ter de enfrentar lojas cheias e longas filas”, comenta o diretor executivo da E-bit/Buscapé, André Ricardo Dias. “Para o e-commerce foi um final de ano positivo, impulsionado também pelas vendas da Black Friday, acrescenta.
A quantidade de pedidos chegou a 17,6 milhões, um aumento de 16% em comparação ao mesmo período do ano passado, assim como o tíquete médio, que foi de R$ 420,08, um crescimento de 8,4%. No total, 9,3 milhões de consumidores se conectaram para ir às compras pela Internet, 17,2% a mais que em 2014.
O mobile commerce (compras originadas a partir de smartphones e tablets) também confirmou a tendência de crescimento observada ao longo do ano e representou 13,6% das transações nas compras dos presentes, índice acima do registrado em todo primeiro semestre, de 10,1%.

Os números do mercado de E-commerce

Ranking de Categorias que mais venderam (% de participação no mercado)

1º Eletrodomésticos – 13,5%
2º Moda e Acessórios – 12,3%
3º Telefonia/Celulares – 11,4%
4º Livros/Assinaturas e Revistas – 10,7%
5º Cosméticos e Perfumaria/Cuidados Pessoais/Saúde – 9,8%

Você também vai gostar

E-commerce: Como lidar com comentários negativos e transformá-lo... O primeiro instinto de quem possui um e-commerce é achar que críticas ou comentários negativos de clientes só causam dor de cabeça e mancham sua reput...
6 dicas para quem quer empreender na internet Você já tem interesse em transformar o seu negócio em um e-commerce ou quer se informar sobre a possibilidade de empreender na internet, certo? Obviam...
Proteja seu negócio de e-commerce com boas políticas de trocas e... O sucesso de um e-commerce está baseado não apenas no preço e na qualidade dos produtos que a página oferece, mas, sobretudo, em sua confiabilidade. N...
Antecipe sua estratégia para as principais datas do calendário d... As datas comemorativas são ótimas oportunidades para quem deseja ampliar as vendas online, mas um bom planejamento é indispensável para dar direção a ...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>