• Renann Mendes
  • por Renann Mendes
  • Branding, Content Marketing e Comunicação. Sou Sócio-fundador do Profissional de E-commerce. De jan/2018 a jan/2019, liderei os times de Branding (Content Marketing, PR, Social Media e Branding), Product Marketing, área de cursos da Foxbit, fintech de criptomoedas e o projeto e primeiro ano de atuação do Cointimes. Entre ago/2016 e set/2017 atuei como head da área de Marketing da Ebit, empresa Buscapé Company, hoje Nielsen, referência em informações, certificação de lojas e inteligência de e-commerce. Entre 2012 e 2016, participei ativamente da estruturação da startup Universidade Buscapé Company, entrei na coordenação de treinamentos de E-commerce e Marketing Digital. Lá assumi também a coordenação de Marketing Digital e Conteúdo da Uni Buscapé e do Profissional de E-commerce. Desde 2013, ministro aulas de Marketing de Conteúdo para E-commerce na Faculdade Impacta e em algumas empresas de internet no formato workshop. Você pode encontrar mais informações em meu perfil do LinkedIn ou marcando um café! ;)

Marketing Comportamental

25 de outubro de 2012
Share Button

Pense em uma loja física de roupas. Você entra e o vendedor começa a observar, ele vai perceber como está vestido e já sabe seu estilo (básico, tradicional ou ousado), você olha para camisetas e ele entende o que você procura, assim já tem informações suficientes para te abordar e oferecer possibilidades que você não havia pensado antes ou que possivelmente nem sabia que existia na loja. Sua chance de comprar cresce e você pode levar até produtos relacionados que nem procurava inicialmente (Conceito de cross-selling).
Potencialize esse conceito. Um vendedor que pode praticamente entender o que você está pensando. Recomendar o produto certo, para a pessoa certa no momento certo. Esse é o Marketing Comportamental (Behavioral Targeting).
Todo internauta usa um programa de navegação para acessar os sites (Firefox, Chrome, Internet Explorer, Safari), esses programas contam com um histórico de navegação, trocam informações com os servidores em que os sites estão hospedados, essas informações são armazenadas em arquivos conhecidos como Cookies. É através dos cookies que as plataformas de Marketing Comportamental individualizam a relação com os consumidores. Com eles, se sabe onde o e-consumidor passou, que produtos interessaram (foram clicados ou pesquisados) e qual o grau de interesse nos produtos (quantidade de ocorrências e tempo de exposição).

Esse tipo de serviço é feito por Plataformas de Marketing Comportamental, essas plataformas trabalham no esquema de redes colaborativas (pelo menos a maioria). Uma vez presente em uma loja virtual ou em um site de busca, as informações de cookies do tráfego são armazenadas e utilizadas para sugerir produtos que já estão sendo procurados nas visitas em qualquer site que esteja na rede colaborativa.
Mais do que isso, além de entender seu comportamento e sugerir produtos de acordo com seu interesse, é utilizado um padrão de comportamento, é possível verificar estatisticamente que pessoas que compram fraldas também compram cervejas, então serão oferecidas cervejas às pessoas que procuram por fraldas.

Você também vai gostar

Webinar fala das vantagens da utilização de comparadores de preç... Comparadores de preço para lojas virtuais. Ocorre no dia 25 de fevereiro (quarta-feira), às 16 horas, a palestra online gratuita “Melhore suas vendas ...
Infográfico: Profissional de Marketing Moderno – Parte Art... Qual seria o perfil mais adequado que um Profissional de Marketing precisa ter hoje? Muitos responderão: Depende. Dentro do Marketing temos diversas f...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Um comentário sobre “Marketing Comportamental”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>