• Avatar
  • por Thaís Lima
  • Trabalha com Marketing Digital na Lopes, a maior imobiliária do Brasil. É formada em Rádio e TV pela Universidade Anhembi Morumbi e estudante de MBA em Marketing na PUC-SP. Apaixonada por comunicação e curiosa pelo universo digital.

6 problemas que devem fazer os visitantes deixar seu site

12 de maio de 2016
Share Button

Um dos objetivos do novo marketing é levar praticidade e não incomodar as pessoas. Mesmo assim, muitos sites ainda possuem elementos que não agradam a maioria dos visitantes. Por que será que isso acontece?
Talvez porque alguns donos de sites não têm experiência ou estão começando seu próprio negócio sem muito conhecimento no meio digital, mesmo tratando-se de um e-commerce. É importante levar uma experiência enriquecedora para os visitantes do seu site, pois se isso não acontecer, pode causar abandono, baixa taxa de conversão e até má reputação.
Veja 6 problemas que definitivamente seu site não deve ter:

1- Carregamento lento da página

Atualmente tudo está acontecendo muito rápido e esperar por algo gera impaciência. É o que acontece, por exemplo, quando um visitante espera carregar seu site. Estudos da Kissmetrics já constataram que 47% dos consumidores esperam uma página web carregar por 2 segundos ou menos e 40% abandonam o site quando leva mais de 3 segundos para carregar.
O tempo de carregamento da página pode ser impactado pelo tamanho das imagens, códigos, vídeos e outros fatores. Se você não quer que haja desistências, otimize seu site.

Aprenda como deixar seu e-commerce mais rápido

2- Navegação difícil

Quando alguém cair em seu site a pessoa vai saber o que fazer? Onde ir? Quais serão os próximos passos?
Embora isso pareça óbvio, ainda há muitos sites que perdem leads e vendas porque suas Call-to-Action foram mal escritas ou simplesmente não forneceu qualquer direção para que os visitantes encontrassem o que buscavam.
É necessário informar de forma clara o que você quer que seus visitantes façam.

6 dicas de design para loja virtual

3- Conteúdos com reprodução automática

Imagina você acessando um site no trabalho e, de repente, a página começa a tocar uma música alta. Não é legal né? Embora algumas redes sociais, como o Facebook, possuam vídeos com autoplay, note que elas estarão sempre no mudo, ao menos que os usuários escolham liberar o áudio.
Animações, vídeos de reprodução automática, anúncios piscando, entre outros, são intrusivos e podem prejudicar o foco do visitante.

4- Falta de clareza sobre o negócio

É frustrante visitar um site e não ter uma noção clara do que a empresa faz e pode oferecer. Os melhores sites explicam claramente quem são, o que fazem e/ou o que você pode fazer lá.
A maioria das empresas ainda precisam responder essas perguntas para que os visitantes saibam que estão no “lugar certo”. Não os façam pensar, se não der para identificar quem você é dentro de segundos, eles vão embora.

5- Falta de blog

Se você não tem um blog, está perdendo grandes oportunidades de fornecer informações valiosas a seus visitantes (também está perdendo oportunidades de classificação).
Os consumidores estão acostumados a pesquisar muito sobre alguma empresa antes de tomar decisões. Se encontrarem respostas para suas perguntas em artigos no blog da própria empresa, eles estão mais propensos a confiar no que você tem a dizer e entrar em contato.

Como criar um blog com o WordPress em 5 etapas simples

6- Ausência de botões de compartilhamento nas redes sociais

Se seu site produz conteúdos interessantes, então provavelmente as pessoas vão querer compartilhar em suas redes sociais. Como já falei aqui, as pessoas buscam praticidade, por esse motivo se elas olham o botão de compartilhamento, aumentam as chances do seu conteúdo ser compartilhado e divulgado para outras pessoas.
Assim, você terá mais visibilidade, o que significa mais tráfego do site, uma melhor classificação do Search Engine, e mais oportunidades.

Você também vai gostar

Como utilizar vídeos para aumentar as vendas no e-commerce Na hora de decidir uma compra, é a confiança que o seu consumidor tem em seu produto que estará em jogo. Você já sabe disto – afinal, toda a sua estra...
6 dicas de design para loja virtual Cientes do impacto que o design para loja virtual exerce sobre a efetividade das conversões, os gestores estão cada vez mais preocupados com este fato...
O que as mulheres querem? As tendências do mercado de moda no e-... Várias perguntas aparecem na cabeça de uma mulher na hora de fazer compras online. Quais são as tendências da próxima estação? Qual é a cor mais fashi...
Cursos de E-commerce e TI são alternativas para quem deseja se d... Cursos de E-commerce. A Globo News, apresentou ontem o programa Conta Corrente que falou sobre mercado de trabalho e os profissionais da área de E-com...
O perfil do novo consumidor online O perfil do novo consumidor online. Em 2012, o e-commerce brasileiro conquistou 10,3 milhões de novos consumidores, alcançando assim o número de 42,2...
10 dicas para ter destaque nas caixas de e-mail durante a Black ... Em períodos como a Black Friday, a caixa de entrada dos usuários se torna um verdadeiro campo de batalha em que as marcas disputam a atenção e o volum...
Redes sociais são decisivas para o e-commerce: algumas dicas par... As redes sociais passaram a ocupar um lugar que até então era liderado pelas buscas orgânicas quando o assunto são os canais de vendas para atingir e ...
Um monstro chamado Chargeback Existe um monstro que aterroriza todo e qualquer empreendedor com uma loja virtual. Ele tem um nome feio, é impiedoso, e quem ainda não sofreu com ele...
Infográfico: Comércio Eletrônico movimenta R$1,6 bilhão no Dia d... “Moda & Acessórios” foi a categoria mais vendida, mas proximidade da  Copa do Mundo alavancou a procura por televisores. O Dia das Mães movimentou...
A legislação brasileira tenta se adaptar ao e-commerce O setor de varejo vem crescendo de forma significativa no Brasil, sendo a principal alavanca do PIB nacional nos últimos anos. O empresariado deste se...

SEGREDOS DO E-COMMERCE

Receba as novidades toda semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar essas tags HTML e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>